E SE VOCÊ FOR EXATAMENTE QUEM SEU CLIENTE PRECISA? Eu hoje quero falar com você, que fica se escondendo e arrumando mil justificativas pra isso. Você, cheio de potencial, que tem um ótimo produto ou serviço, mas acha que Branding não é pra você, não vale à pena, morre de vergonha, porque “afinal de contas, já tem tanta gente maior e melhor que eu fazendo isso”.

Lembra que todo baobá já foi uma pequena semente… imagina se aquela semente pensasse “ah, mas não vou germinar, pra que, vai demorar tanto para eu crescer, e já tem tanto baobá aqui na floresta há tantos anos, baobando em total esplendor.”

Não é exemplo bobo. Antigamente, demorava 20, 30 anos para uma empresa ficar conhecida e alcançar uma reputação considerável. Hoje, você pode encurtar muito esse caminho através das estratégias de Branding.

Não é “se expor”, não é criar um personagem, não é ir contra seus princípios ou sua maneira de ser. Pelo contrário. É uma forma de mostrar ao mundo quem você é, lapidar a pedra bruta para que enxerguem o seu real valor.

Já parou para pensar que pode ter pessoas por aí precisando de alguém exatamente como você? De alguém iniciante, de alguém experiente mas pequeno, de alguém que tem um atendimento mais próximo, de alguém mais com jeitinho de antigamente… e se você for exatamente quem seu cliente precisa? Como ele vai saber disso?

Saia da sombra da concorrência.

Vamos conversar?