Ocitocina (ou oxitocina) é um hormônio (e neurotransmissor) produzido no nosso cérebro pelo hipotálamo. Ele tem papel importante para mulheres, pois facilita o parto e a amamentação. É o hormônio que faz a mãe se apaixonar pelo bebê. Por isso, a ocitocina é conhecida como o “hormônio do amor”. É possível estimular e aumentar sua produção com abraços, massagem, pratica de boas ações, alimentação saudável e até pela adoção de um animal de estimação.

E por que eu estou explicando isso? Porque você pode ativar a ocitocina no cérebro do seu cliente, gerar emoções e, consequentemente, ser mais lembrado (e de forma querida). Na internet, uma forma de fazer isso é mostrando imagens de “coisas fofas”. Por que você acha que imagens de cachorrinhos e gatinhos fazem tanto sucesso? Com “fofuras” você consegue chegar no sistema límbico da pessoa através de uma sensação, e emoções geram memória. E você quer que seu cliente sempre se lembre de você, não é mesmo?

Mas não adianta ficar postando fofuras fora de contexto! Você precisa fazer isso de acordo com o posicionamento da sua marca.

logotipo renata rodrigues
consultório renata rodrigues

No presencial, você pode ativar ocitocina por meio de presentinhos para os seus clientes. Vejam que delícia os materiais da @renatarodriguesdentistainfantil. Não só os pequenos pacientes ficam encantados, como também os pais. No caso da Dra Renata, existe todo um “universo de fofura”, que vai do desenho da marca (siiiim fui eu que fiz!!!) até a decoração lindinha do consultório.

“Ah, mas é fácil porque ela trabalha com criança.” Calma, não é bem assim. Primeiro porque nem todo mundo que trabalha com criança faz essa “ocitocinização” direito (é, acabei de inventar uma palavra, rs rs…). Segundo, porque você pode ativar fofura em pessoas de qualquer idade. É só conhecer bem o seu público e saber o que toca o coração dele. E quem ama, quer você por perto…

Cuide bem do seu Branding.