Era uma vez, no ano de 1843, um senhor britânico chamado Henry Cole. Mr Cole tinha muitos amigos, e quando os correios da Inglaterra lançaram o selo de 1 centavo de libra, ele recebeu muito mais cartas de Natal (como era a tradição da época) do que conseguiria responder (e era muito mal visto na sociedade não responder as cartas de Natal recebidas).

Foi aí que Mr Cole teve uma ideia: chamou seu amigo pessoal, o artista J.C. Horsley, e pediu que ele pintasse uma cena com os principais símbolos do Natal – uma família confraternizando à mesa e pessoas fazendo caridade. No topo escreveu “para ….” e na parte de baixo “de …” para personalizar a mensagem de “Merry Christmas and a Happy New Year to you”. Levou a imagem pronta a uma gráfica e pediu para imprimir mil cópias em papel cartão. E assim, nenhum amigo do Mr Cole ficou sem resposta à sua carta de Natal. Sim, a imagem aqui do post é o referido cartão. O sucesso da ação levou à tradição. E os cartões de Boas Festas são trocados, mundialmente, até hoje.

Durante muitos anos criei cartões de Natal para meus clientes. Alguns mais simples, outros beeem elaborados. Hoje, a modernidade e a facilidade da tecnologia me levou a criar cartões virtuais – para postar nas redes sociais e também enviar por mensagem (WhatsApp, Telegram, etc). Na minha opinião, eles não têm a poesia do cartão físico (eu costumava colocar os que recebia em baixo da árvore de Natal, depois guardava todos em uma caixa) mas mesmo assim fazem muito sucesso!

Cartões de final de ano são ótimos para trabalhar o seu Branding. Mandar mensagens positivas, reativar contatos e… responder as mensagens que você recebe!

E quando enviar? Fiz uma pesquisa e vi que, de acordo com a tradição, de 10 a 15 dias antes do Natal / Ano Novo os cartões já podem começar a chegar a seus destinos. Antigamente era preciso fazer um cálculo por causa do tempo de transporte nos correios (ah, como era chato quando chegavam só no ano seguinte!), mas hoje, com os cartões virtuais… postou = chegou.

Não fique achando que é cafona (é “cringe” que diz hoje em dia, né? rs rs…) ou que é bobagem. É muito bem visto ter um cartão de Boas Festas personalizado. Isso aumenta o valor percebido de qualquer profissional ou empresa. Mostra que você teve cuidado, que você se preocupou.

Cuide bem do seu Branding!