Headline ©www.braziljournal.com – link para o artigo no final deste post

INVESTIR NO DIGITAL. Falo isso há anos. Desde 2016 me especializo em midias digitais. Não tem como “desver” isso, e a pandemia do covid acelerou a tendência. Mas ainda vejo MUITA gente resistindo entrar no digital. Achando que rede social é coisa de desocupado ou de ostentador, só pra ficar postando viagem ou o que comeu no almoço. E ainda falam com orgulho “eu não tenho rede social!” Ah, tá…

Tem outra vertente também: o povo que acha que é só criar um perfil e postar o que todos postam, fazer a dancinha, “agenda aberta para dezembro”, “ligue djá”. Aí se frustra, porque não dá certo mesmo.

Se você trabalha com qualquer coisa, se tem uma empresa de qualquer tamanho, ou se é profissional liberal, você precisa estar profissionalmente na internet. Precisa de um posicionamento claro para não confundir o público, precisa de uma comunicação bem feita para se diferenciar, e precisa de uma ESTRATÉGIA DE CONTEÚDO digital. E, PRESTENÇÃO!!!! Estratégia digital não é alguém vir pra você e falar “semana que vem vamos postar esses assuntos”, “esse mês vamos falar disso e disso”. Estratégia digital é você ter um mapa detalhado, abrangendo várias midias, para atingir um objetivo pré definido. É você gerar aquela conversa bacana, que mostra seu valor e que engaja com a audiência. É assim que você constrói a sua reputação. É assim que você trabalha o seu branding. Senão você vira o chatão monoassúntico.

Cuide bem do seu branding, porque, muito provavelmente, seu concorrente está cuidando do dele.

Você pode ler o artigo referente à headline e imagem do post acessando https://braziljournal.com/internet-e-o-novo-prime-time-brasileiro-com-55-da-verba-publicitaria