VOCÊ VAI QUERER UM BRANDING FAST FASHION OU UM BRANDING ALTA COSTURA? Explico…

Fast fashion: é a moda rápida, acessível, daquelas lojas que você mesma “se atende” tipo Renner, C&A, Riachuelo. E não me entenda mal: eu adoro uma fast fashion, custo x benefício maravilhoso para o dia a dia. Mas existem momentos para tudo. E para os momentos especiais eu uso roupas mais especiais. Tecidos melhores, cortes e caimentos mais adequados. A famosa “roupa boa”. Que transmite a imagem que eu quero passar. Costumo dizer que ninguém vai na entrega do Oscar com um vestido ou terno da Zara. E para que percebam o seu valor, você tem que PARECER ter valor.

Calma amiga, não virei blogueira de moda… vai lendo que vai fazer sentido.

Comecei a trabalhar com Branding quando essa palavra nem existia, quiçá cursos sobre o assunto. Pelo menos não no Brasil. E aí de repente, acelerado pela pandemia, Branding virou moda. Isso é ótimo, porque Branding é realmente muito importante para qualquer negócio, e é preciso que as pessoas saibam disso. Mas rapidamente apareceu um bando de gente na internet “vendendo Branding”, no melhor estilo “ouvi aqui, repeti ali…” Parecido com quando lançaram os computadores pessoais e todo mundo virou designer do dia pra noite. Outro dia vi uma fonoaudióloga (que nem bem sucedida na carreira é) vendendo “mentoria de marca pessoal”. Qual o problema? Pra mim, nenhum. Como eu sempre falo, ninguém é obrigado a contratar uma costureira profissional para costurar uma roupa. Mas… entendeu, né?

Se você quer realmente alavancar a sua carreira, aumentar o valor percebido da sua empresa, chegar a um patamar mais alto, passar a ser visto como PREMIUM, não adianta contratar alguém inexperiente, nem o “Branding fast fashion”. Você precisa contratar um profissional estilo “alta costura”. Um profissional de Branding que tenha não apenas tempo de atuação, mas experiência comprovada no que faz. Um profissional que consiga extrair a verdadeira essência da sua empresa, traduzi-la para mostra-la ao mundo de forma adequada. Alguém que não apenas te envie um formulário de perguntas para você responder. Um profissional que entenda o que você precisa, que gere soluções, que respeite seus limites ao mesmo tempo que te incentiva a chegar onde você já deveria estar.

Se a festa é importante, vista-se da melhor forma que puder. Vai custar mais caro. Mas o investimento é proporcional ao retorno. Não é a hora? Respeite o seu momento, mas com consciência do que você está fazendo.

Cuide bem do seu Branding.