Categorias
Negócios

A diferença entre “aparecer” e “aparecer”.

SUA MARCA É UMA MARCA EXIBIDA OU UMA MARCA QUE FAZ A DIFERENÇA? Aparecer por aparecer é muito diferente de aparecer porque está realizando algo. É diferente de aparecer por estar acrescentando valor à vida das pessoas. É diferente de aparecer porque está gerando empatia com o público.

Uma marca exibida (criei esse termo “técnico” agora… rs, rs…) é aquela que vive gritando seu próprio nome. Uma marca de valor é aquela sobre a qual as pessoas vivem falando. Aquela com a qual as pessoas querem se relacionar. É aquela que as pessoas escolhem.

Gosto de dizer que não tem como você fazer amigos se não interage com ninguém. As trocas de idéias e experiências aproximam as pessoas. E para isso, você precisa aparecer. Mas aparecer não significa necessariamente se exibir. 

O mesmo acontece com as marcas. As marcas precisam ser atuantes e mostrar os seus porquês. E assim elas aparecerão. Da forma certa. E criarão sua reputação. E estarão trabalhando o seu branding de forma adequada.

Cuide bem do seu branding.

—————————————

Este post é uma singela homenagem à Princesa Diana, uma das pessoas mais maravilhosas que eu não conheci.

—————————————

Curso Construa Sua Marca Forte
Tudo o que todo empreendedor precisa saber sobre branding. 
Acesse www.marciafialho.com.br/construasuamarcaforte

Categorias
Negócios

Seu cliente te enxerga da forma que você imagina?

COMO ESTÁ O SEU POSICIONAMENTO? Às vezes temos certeza que estamos sendo claros, mas estamos passando uma imagem muito diferente do que imaginamos. Tem certeza que o seu cliente está te enxergando da forma como você quer ser visto?

Se a sua comunicação não for muito bem definida, e falar a língua do seu cliente – não só verbalmente, mas visualmente e através dos mesmos valores – pode ter certeza que o lado de lá do espelho não vai refletir o que está do lado de cá.

O que você está achando “espirituoso” seu cliente pode estar achando “inconveniente”, o que você está achando “amigável” ele pode estar achando “invasivo”, o que você está achando “moderno” ele pode estar achando esquisito, o que você está achando “animado” ele pode estar achando “excessivo”.

Mas como passar a mensagem certa? Conhecendo muito bem o seu cliente. Os gostos, os hábitos, os princípios, o que ele valoriza e o que ele despreza. Sabendo o que ele acha certo e errado, sabendo a opinião dele sobre vários assuntos. Prestando muita atenção no que ele fala para você e – mais importante ainda – prestando atenção no que ele NÃO FALA para você.

Não é para você se moldar, modificar a sua personalidade, ser mais um “perfil fake”. Suas características únicas são o seu diferencial. É para que você afine sua comunicação, para passar corretamente sua mensagem, seu posicionamento, de forma eficiente. Afinal, a forma como seu cliente te enxerga faz parte do seu branding.

Cuide bem do seu branding.


Ps: infelizmente não sei quem é o autor da linda ilustração deste post. Agradeço à @nutfernandavaz por ter me enviados os quadrinhos.