Profissionais de saúde e a nova concorrência online.

“CONHECE UM BOM DERMATOLOGISTA NO LEBLON?” Você está pronto para isso acabar? Ninguém mais precisa procurar uma ótima nutricionista em Copacabana, ou no Rio de Janeiro, ou no Brasil…. Sim, porque com a Telemedicina não existem mais as fronteiras físicas. Já pensou nisso? Hoje a pessoa pode morar em Barra Mansa e se consultar com um psicólogo em Paris… Na verdade é uma nova realidade boa para os pacientes e para os profissionais de saúde. ⠀

Só tem um porém: com a pandemia do Coronavírus todos os profissionais de saúde que resistiam aderir às redes sociais entraram na internet ao mesmo tempo. E muitos já estavam lá conversando com as pessoas há algum tempo… ⠀

Claro que a tendência é que as pessoas continuem se consultando com os profissionais que já frequentavam presencialmente. Mas não tem como ignorar o aumento da concorrência. Como se destacar para ser escolhido?⠀

Você não apenas precisa ter presença online como precisa estar nas redes sociais DA FORMA CERTA. É preciso estratégia para se comunicar com eficiência, não infringir os códigos de ética, e se diferenciar no mercado lotado. Mais do que ser um profissional competente, você precisa SER VISTO como um profissional competente. “Marque sua consulta”, “ligue já”, “resultados garantidos”, “o melhor profissional do mercado” são formas de comunicação ultrapassadas e nada eficientes hoje.⠀

Mostre ao público quem você é. Mostre como você pensa, como trabalha. Mostre que tem experiência, explique assuntos que para nós leigos são complexos. E deixe de lado os termos técnicos, fale de forma que qualquer um entenda. Se seu objetivo é conseguir mais clientes, não fale como se estivesse dando palestra para profissionais da sua classe. Fale como se o paciente estivesse na sua frente. Mostre que se importa. Esclareça, simplifique, gere empatia. Tenha um visual diferenciado, seja uma marca que transmite confiança. Comunicação visual e auditiva geram sentimentos nas pessoas. Isso é BRANDING.⠀

A internet é um meio fantástico de conexão e aproximação de pessoas. Mas, da mesma forma que comprar um carro não faz de você um bom motorista, é preciso saber como se posicionar online para ser bem sucedido.⠀

Cuide bem do seu branding.⠀

Guia para uma live legal

como fazer uma live de yoga

Recentemente as pessoas precisaram mudar seus hábitos para se adaptar a uma situação de emergência mundial. Alguns, que já estavam acostumados a trabalhar remotamente, em home office, lidaram com isso muito bem. Mas a grande maioria precisou aprender a nadar já estando dentro da piscina de tubarões. Eu, que trabalho há 20 anos em casa, estava recentemente, por conta do grande volume de trabalho, tentando era sair mais…

Ajudei recentemente o studio onde pratico yoga a ministrar suas aulas de forma online, com todos os professores a salvo em suas casas. É maravilhoso poder manter a prática durante o período – necessário – de isolamento. Compartilho com você as orientações que passei a eles, podem ser úteis para suas próprias transmissões ao vivo, tanto de yoga como também para outros assuntos. Fique a salvo, fique em casa. É muita fase muito difícil, mas vai passar, e como estaremos depois depende de como agimos agora.

CHECKLIST PARA AULA DE YOGA ONLINE

  • Restarte seu modem 15 minutos antes da live. Isso evitará travamentos da internet durante a transmissão.
  • Confira se a bateria do seu celular está carregada.
  • Limpe a lente da camera do celular.
  • Use o microfone do celular para “aproximar” o som de você.
  • Coloque o celular/microfone longe de locais com ruídos (tipo fontes zen de água)
  • Cheque a iluminação tirando uma foto sua no local e posição que os participantes da aula vão te ver. Use o timer da camera se não tiver quem ajude.
  • Entre ao vivo 10 minutos antes da hora marcada para fazer os ajustes. O Instagram só nos dá 1 hora de transmissão, não vamos disperdiçar esse tempo. Fale com as pessoas… “Oi, pessoal, estou aqui ajustando tudo porque à tal hora em ponto vou entrar para começar a nossa aula. A luz está boa? O som está bom?” Na hora que você entrar, já estará tudo pronto.
  • Se você não estiver sozinho, peça a quem junto para acompanhar a live em seu próprio celular, para monitorar a transmissão. Nem sempre você não poderá ficar olhando se tudo está ok.
  • Desative os comentários ao iniciar a aula.
  • Se você ultrapassar o tempo de 1 hora o Instagram te corta e você não pode nem salvar a live, nem compartilhar. Planeje uma aula de 50 minutos, é mais seguro.
  • Baixe a live ANTES de compartilhar. Senão depois não tem como. É legal guardar esses arquivos para ações futuras. Esses videos podem ir pro YouTube, ou parte deles pro IGTV (não sei ato tempo IGTV está liberando, eram 10 minutos mas sei de gente que consegue mais).
  • Compartilhe a live nos stories. Ela permanecerá lá por 24h.